STJD pune Sassá, Mayke e Diogo Barbosa por briga em Cruzeiro x Palmeiras

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu jogadores que estavam na confusão no duelo entre Cruzeiro e Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil, no Mineirão.

Mayke e Diogo Barbosa, do Palmeiras, pegaram dois jogos, e Sassá, do Cruzeiro, pegou seis. O Verdão também foi multado em R$ 50 mil por unanimidade. Apesar do jogo ter acontecido pela Copa do Brasil, as penas serão cumpridas também no Campeonato Brasileiro.

A votação do julgamento teve: Mayke suspenso por quatro jogos, pena mínima,  três votos, contra dois votos para suspensão por seis jogos. Entretanto, a pena foi diminuída pela metade porque ele não acertou nenhum adversário na confusão. Assim, o lateral ficar fora por duas partidas.

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Diogo Barbosa também foi suspenso por dois jogos. Chegou-se a discutir se o lateral deveria ser julgado por agressão e, por maioria, o gancho foi o mesmo de Mayke.

Já o atacante Sassá pegou seis jogos de punição, por unanimidade. Com isso, o centroavante cumpre suspensão na partida de volta da final da Copa do Brasil, contra o Corinthians, e em cinco jogos pello Brasileirão.

Todas as decisões pode ser recorridas no pleno do STJD.

Foto de Capa: Fernando Dantas/Gazeta Press