Justiça derruba limitar e Inter só terá Guerrero em 2019

Guerrero só poderá estrear com a camisa do Internacional em 2019. Nesta quinta-feira (23), a Justiça da Suiça derrubou o efeito suspensivo concedido ao jogador pela sua suspensão de doping.

O atacante peruano faria sua estreia contra o Palmeiras no domingo, no Beira-Rio. No entanto, a Justiça do país europeu revogou o efeito suspensivo após caso de doping, e que permitiu ele estar na Copa do Mundo.

A condenação de Guerrero foi de um ano de suspensão, depois de ser pego no exame antidoping, por metabólito da cocaína, no jogo diante da Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, em outubro de 2017.

Foto: Internacional/Divulgação

A pena chegou a ser reduzida pela FIFA, em dezembro, para seis meses, porém em maio, a última instância do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) aumentou a púnicão para 14 meses e isso tiraria ele do Mundial.

Os advogados do jogador entraram com pedido de efeito suspensivo provisório na Justiça Comum da Suíça e foi liberado para a disputa do Mundial, porém esse efeito suspensivo foi perdido nesta quinta-feira.

Com essa nova decisão, Guerrero só poderá estrear a partir de 23 de Abril de 2019 com a camisa colorada.

No contrato com o Internacional, essa situação estava prevista. Assim, o vínculo do atleta com também fica suspenso com prorrogação do mesmo até março de 2022. Além disso, no contrato o pagamento de salários não acontece.

Foto de capa: Internacional/Divulgação