Goleiro Diego Alves pode deixar o Flamengo na próxima temporada

Diego Alves dificilmente deve permanecer no Flamengo para a próxima temporada. A informação é o site Uol Esporte.

Ele tem contrato até 31 de dezembro de 2020, mas o polêmico episódio antes da partida contra o Paraná, quando ele se recusou a viajar, pois ficaria no banco de reservas, aumentou a dificuldade de permanência.

O Flamengo passará por eleições presidenciais e os candidatos ao pleito não desejam ter o jogador, segundo o site Uol Esporte. A eleição acontece no dia 8 de dezembro. Ricardo Lomba (situação) e Rodolfo Landim (oposição) irão brigar pelo cargo de presidente entre 2019 e 2021.

Hoje como vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba, pensa na possibilidade de utilizar o goleiro como uma moeda de troca para futuros reforços na próxima temporada.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Já Rodolfo Landim, utilizou um discurso forte e causou descontentamento entre os integrantes da direção flamenguista.

O goleiro é um dos maiores salários do grupo de jogadores e dificilmente pode ser negociado para o mercado do exterior. A tendência é que ele não fique e seja negociado.

Enquanto isso, Diego segue treinando com o elenco e não vem sendo relacionado para os jogos.

Foto de capa: Gilvan de Souza/Flamengo