10 jogos e demissão: Jorginho deixa o Vasco da Gama

Jorginho não é mais técnico do Vasco da Gama. O treinador foi demitido após mais uma derrota. Dessa vez por 1 a 0 para o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro. O profissional deixa o clube de São Januário depois de apenas dez jogos.

O técnico fez seu primeiro jogo comandando o time Vascaíno há cerca de um mês. De lá para cá foram apenas quatro vitórias, um empate e cinco derrotas, e um aproveitamento de 43%.

A estreia de Jorginho foi com vitória, 3 a 2 diante do Sport, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Porém, o comandante esteve na eliminação da Copa do Brasil para o Bahia, pelas oitavas de final. Mesmo vencendo por 2 a 0, a equipe cruzmaltina não avançou porque havia perdido na ida por 3 a 0. Jorginho esteve somente no jogo da volta.

FOTO: Rafael Ribeiro / ASCOM CR Vasco da Gama

No Brasileirão, o Vasco vem de três derrotas seguidas: Corinthians, São Paulo e Palmeiras. O time ocupa a 15ª colocação, com 19 pontos, um a mais que o Santos, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

Além disso, na semana passada, o Vasco caiu fora da Copa Sul-Americana, depois da derrota para a LDU, no Equador, por 3 a 1 e depois vencer por 1 a 0 no Rio de Janeiro.

Assim, Jorginho deixa sai do Vasco com eliminações da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil, e na 15ª posição do Campeonato Brasileiro com 19 pontos, a apenas um da zona de rebaixamento, mas com dois jogos a menos.

Foto de capa: tipomanaus.com.br/Reprodução